Cruz das Almas: Mulher é espancada na Pumba após ser acusada de furto

Uma mulher foi espancada, na tarde deste sábado (12) na localidade da Pumba, zona rural da cidade de Cruz das Almas, no recôncavo. Segundo informações, Jaqueline como foi identificada,  apanhou por ter sido suspeita de furtar a carteira de um homem, no conjunto habitacional Minha Casa Minha Vida. 

Ainda segundo informações, as agressões partiram do dono da carteira que não teve o nome divulgado, que resolveu  fazer justiça com as próprias mãos.  A vítima com ferimentos pelo corpo, teve que ser socorrida por uma equipe do (SAMU) para a Unidade de Pronto Atendimento (Upa) escoltada inclusive por uma viatura da Polícia Militar.    

Não há informações sobre o tipo de relacionamento da vítima com o agressor. Ela foi medicada e depois ficou em observação. Cruz na Tela

7 comentários:

  1. essa é a lei da favela

    ResponderExcluir
  2. Justiceiros tudo ladrão tirados a traficantes. Tudo pelo errado.tudo lascado sem nada nem pra comer e nem se vestir direito. E ainda se jugam traficantes kkkk só rindo viu kkkk .

    ResponderExcluir
  3. Toma cachorra vagabunda

    ResponderExcluir
  4. Viu puta nunca a mais você não vai furtar mais nada o que não é seu, o que não foi conquistado pelo derramamento do seu suor, porque não vai procurar um emprego ou um trabalho se não achar nenhum dois 02 e quer ter vida fácil vai vender drogas ou ser mulher de traficante, pra você morrer mais depressa.


    As portadas que você tomou foi uma lição de moral que lhe deram se você tiver vergonha na cara, voce a partir de hoje você vai mudar de vida.

    ResponderExcluir
  5. Toquinha pumba só tem é oprimidor rapaz.tudo cp descarado incurraladores.fique ligado chefao ai que seu braço direito que vai te matar viu.se liga

    ResponderExcluir
  6. Kkkkkk os próprio q chama ele de patrão e q vai manda ele pro quinto dos infernos ,tá pensando q espaca ameaça a família deles e eles tão achando bom e ,tuas cobra q tu crio e que vai te dar o bote n vai demora kkkkkkk e eu ainda vou ajuda .

    ResponderExcluir