Cruz das Almas: Princípio de rebelião em delegacia mobiliza Polícia Civil e Militar

Um princípio de rebelião no final da tarde desta segunda-feira (20) na carceragem da (DT) Delegacia Territorial de Cruz das Almas, mobilizou a Polícia Civil e alguns policiais  da 27ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM). 

Cerca de cinco detentos que foram trazidos do presídio de Salvador na manhã de  sábado (11) para uma audiência no Fórum, Dr. Tancredo de Almeida Neves, durante a semana, com acusações de assaltos e homicídio no município, ficaram revoltados pedindo o (bonde), condução de volta para o presídio, sacudindo a grade da cela e gritando. 

Segundo o senhor Erivaldo Oliveira, pai do interno Bruno, o "Agachadinho", preso por assaltos, o xadrez do complexo está interditado pela justiça por não ter condições nenhuma de abrigar  presos. Ele ainda contou que os presos estão em condições lamentáveis, que já esteve no Ministério Público (MP) e também no fórum pedindo providências, mas nada foi resolvido. 

"O delegado Cristóvão Eder não tem nenhuma culpa no que está acontecendo, inclusive vem sendo bastante educado comigo e com a mãe de Bruno. Não sei de quem é a falha, se é do sistema de segurança do Estado ou até mesmo da justiça, mas só quero que ele seja transferido daqui o mais rápido possível", acrescentou.

A reportagem do Cruz na Tela procurou o delegado para falar sobre o caso, mas através do investigador de plantão, José Renato, foi informada que o mesmo não se encontrava no momento. 
Assim que os presos se acalmaram, os policiais militares deixaram o local. Cruz na Tela

4 comentários:

  1. Aí painho aparece...

    ResponderExcluir
  2. O local é ruim vocês já aprontam imagine se fosse de luxo

    ResponderExcluir
  3. pcc estamos comandando

    ResponderExcluir
  4. Tá preso pq?pq matou então deveria morrer mesmo pra sentir na pele

    ResponderExcluir