Cruz das Almas: Sobre blitz na Rua da Estação, promotor fala da existência de tráfico de drogas dentre outros problemas

O promotor de justiça, Adriano Marques, falou com exclusividade ao Cruz na Tela, sobre blitz realizadas no ano de 2019, na antiga 'Rua da Estação' em Cruz das Almas. No local, existem vários bares, onde ocorre aglomeração de pessoas em busca de diversão, que na maioria das vezes, exageram na dose, impedindo passagem de veículos e até mesmo de moradores. O local é frequentado por estudantes universitários, pessoas da cidade e da região.
Ainda segundo o promotor, desde 2014, os moradores do bairro, já reclamavam. 
Apesar de diversas reuniões para sanar os problemas, contornava por  um certo tempo e depois voltava tudo novamente, pertubação sonora e pertubação ao sossego público. 
Ele ainda disse, que tem várias ideias para promover ações judiciais, contra estabelecimentos que descumprirem regras da lei de postura municipal, deixando claro, que continuará realizando blitz, ao lado da polícia e da prefeitura da cidade, com setor de trânsito e de meio ambiente. 
O doutor Adriano Marques,  disse ter conhecimento do tráfico de drogas existente no local, afirmando que vai combater essa prática, buscando resolver de forma definitiva. "Sabemos da existência do tráfico de drogas por lá, e vamos combater de forma enérgica, para resolver isso por definitivo", completou. 
O promotor também falou sobre a existência de estabelecimentos comerciais, sem licença para funcionar, que colocam mesas e cadeiras em passeios, violando a regra de postura.

13 comentários:

  1. Já abriu outro ali perto de onde era o BSB e tem cadeiras na rua e tem dia que o povo conversa muito alto até Altas horas

    ResponderExcluir
  2. A feira livre ta enchendo de pombos cade a prefeitura pra resolver esse problema. Fora cachorros que andam em bandos pela cidade em tempo de morder as pessoas...E quanto a reportagem, a policia so chega de forma energica com bandidos das favelas.. Abracos!!

    ResponderExcluir
  3. Vai procurar melhorar a cidade quase todos estudantes usam drogas quem mas usam são eles até o prefeito fuma vão se Fu cruz das almas sempre foi assim cidade de maluco espada nunca acaba nas eleições vão vir um monte de ladrões querendo mas só quem trabalha na cidade er só polícia matando,vão procurar dar emprego ao povo cambada de corruptos,até o são João da aqui já foi bom agora só pé na roça e bosque festa dos fudidos de cruz usarem drogas e mostrar o que não tem passam o ano todo devendo p curtirem achando que são ricos

    ResponderExcluir
  4. O PROBLEMA DE CRUZ DAS ALMAS FOSSE A RUA DA ESTAÇÃO AGENTE ESTAVA NO CEU
    CADE VAI NO ITAPICURU PRA VC VER.
    EM TODAS AS RUAS 50% DOS BARES VEDEM E VCS VER O INFERNO E NA BAIXA AQUI PERTO DE SEU ME DO RESTAURANTE .
    RAFAEL SE LIGUE EU VOU TE FURA TODO VIADO TODINHO SEU PAULISTA A CHAPA TA ESQUENTANDO DO SEU LADO SEU OSMA PATO ROCO VOU TE MATA SEU CIO ESTPU DE OLHO NO SENHOR TAMBEM ESTOU FORA MAIS 27 COMPANHIA E EM TUDO E ESTAMOS DE OLHO EM VCS.
    QAP VIU

    ResponderExcluir
  5. Concordo plenamente...É isso aí, precisamos de ordem.

    ResponderExcluir
  6. Os moradores da rua da estação agradecem ao poder publico na pessoa do promotor de justiça, Adriano Marques, a lutar em tentar sanar os problemas relatados na matéria. É notório que fica difícil acabar com tal balbúrdia sem uma fiscalização mais efetiva, pois parece que a rua da estação é um território sem leis, o que é lamentável.
    Imagine nosso desespero ao saber que as aulas da faculdade estão para voltar, o que é felicidades para os pais desses ditos jovens para alguns é puro transtornos, já que não são os familiares deles que convivem com eles por anos nessa desordem movidos as drogas lícitas e ilícitas.

    Obs. Esses ditos “cristãos” tem amor ao próximo ao alugar seus imóveis para certos tipos de gente, onde idosos, criança, mães e trabalhadores que saem as 6:30 não podem ter uma boa noite de som, e pior ter que conviver com o cheiro forte de drogas .

    ResponderExcluir
  7. BA tá trabalhando pra Michel e pra Adson como é isso tapicu vai te pega

    ResponderExcluir
  8. esse pt já acabou com tudo feixou Club.armazém do forró lá de casa.acabou o São João agora que acabar os bar" mandando jovens tudo e dizendo que a cidade e universitária cidade fudida sem emprego segurança de cruz o pt acha que é só mandar mata os jovens Abrão o olho jovens quando esses petistas dirão pedir voto a vcs tem que da um tapa na cara dessas desgraça que só manda Matá e dizendo que tá cuidando de vcs não troxe uma fábrica pra empregar ninguém

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. La vem o doido culpado o PT que não entra em nada . Isso é a lei que tem aqui né de Brasil seu otario.

      Excluir
  9. Q promotor lindão... kk Faça a diferença é acaba com esses paredão e festas mesmo. Poluição sonora desgraçada. Se fosse músicas de letras igual a dos anos 80,90, até 98 aí sim da pra levar. Deus abençoe vc promotor colirio pra os nossos olhos.

    ResponderExcluir
  10. Concordo com a iniciativa do ministerio público!!! A ordem tem de ser mantida.
    Porém visitei esse novo espaço que abriu na rua da estação e a primeira impressão é que os donos parecem propor algo diferente dos demais estabelecimentos.

    ResponderExcluir
  11. Visitei esse novo espaço que por sinal é muito organizado.

    Como estava na sua capacidadd máxima pedir ao pessoal pra colocar uma mesa na calçada. De imediato nos informaram que não poderia pra não atrapalhar a passagem dos pedestres na calçada.
    Achei muito posotivo.

    ResponderExcluir
  12. Visitei e gostei muito . Tudo muito organizado.

    E esse novo espaco não permite cadeira na calçada pra não atrapalhar os pedestres.

    Remomendo

    ResponderExcluir