Um policial militar e mais três pessoas foram baleadas em Cabaceiras do Paraguaçu

Antônio Caique Moura Serra, o "Caique"
Um policial militar, identificado como, Ailton Oliveira Gomes, e mais três pessoas, identificadas como, Arnaldo Guedes Pereira, 39 anos, Lucas dos Santos Paz, 24, do Sobrado, zona rural da cidade, e uma adolescente de 13 anos, de Governador Mangabeira, foram atingidos por disparos de arma de fogo, na noite de domingo (24/11), na cidade de Cabaceiras do Paraguaçu, no recôncavo. 
De acordo com informações da polícia, tudo aconteceu porque um homem, identificado como, Antônio Caique Moura Serra, vulgo Caique, da rua da Cleria, no centro da cidade de Cabaceiras do Paraguaçu, teria confundido um adolescente, filho de uma das vítimas, o Arnaldo Guedes Pereira, como um possível membro de uma facção rival. 
Após o garoto ter contado ao pai, ele foi tirar pergunta ao suspeito, o Caique, que ficou nervoso, sacou um revólver e começou a atirar. 
Ainda segundo informações, o policial e o pai do adolescente, são amigos e estavam juntos na hora do desentendimento. As outras pessoas baleadas, só estavam passando pelo local da confusão. Após os tiros, todos foram socorrido para o posto médico local, e em seguida, tiveram que ser transferidas para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus. A polícia ainda informou, que o soldado estava desarmado, quando tudo aconteceu. O estado de saúde das vítimas, não foi informado. O homem apontado como autor dos disparos, está foragido. Cruz na Tela

4 comentários:

  1. Vacilo do policial ein, militar é militar 24h, pois não sabemos quem nos cerca, infelizmente hoje não da pra ter noção de quem é bandido ou não!!

    ResponderExcluir
  2. Mas esse sacripanta já tem a cara de bandido mesmo,cara feia da zorra vei.

    ResponderExcluir
  3. Vacilo do polícia
    Não deixou minha arma nem pra tomar banho

    ResponderExcluir
  4. Foi esse cara aí e gordo que mato Bruno na casa abandonada

    ResponderExcluir