Filho da "Estrada de Ferro" em Cruz das Almas, brilha nos gramados do Brasil

Nélson Conceição, mais conhecido por Nelsinho, da Rua Rio Branco, antiga Estrada de Ferro em Cruz das Almas, vive por estes dias o momento mais alto da carreira. O menino, que sempre sonhava ser jogador de futebol, é um dos reforços do Arouca, para a época 2014/2015 e enfrenta agora o maior desafio profissional.
 
"É uma oportunidade que Deus me deu e quero fazer uma boa época. Fui abençoado por poder assinar o contrato antes de sair de férias, o que permitiu vir mais focado e concentrado. É uma oportunidade que vou agarrar com tudo, estou a realizar um sonho de criança", começou por dizer em conversa com A BOLA.
Com 26 anos, e depois de duas épocas ao serviço do Portimonense, na Liga 2, o jogador brasileiro quer afirmar-se no principal campeonato e não esconde a ambição de ser titular.
 
"Jogar? A decisão vai sempre depender do treinador mas é claro que venho com muita vontade de ser titular. Quero fazer uma excelente época, mas deixo as coisas nas mãos de Deus", revelou o lateral esquerdo que, vai ter Tinoco como concorrente direto: "Conheço-o de quando ele estava na Naval. É um excelente jogar e tem tudo para ser feliz no Arouca. Vou procurar o meu espaço e trabalhar no máximo. Sou muito concentrado naquilo que gosto de fazer", disse.
 
Aos adeptos, o lateral faz uma apresentação sucinta, destacando alguns pontos fortes. «Podem esperar um Nelsinho que não desiste, um jogador lutador e cheio de garra. Sou um jogador muito veloz, que também pode jogar a extremo pois sou um lateral ofensivo e adapto-me muito facilmente no ataque», disse o atleta natural da Bahia (Cruz das Almas), onde as fugas da escola e de casa para jogar à bola lhe custaram muitas lágrimas.

«Por vezes saía mais cedo do colégio ou fugia de casa para ir jogar com os meus amigos. O meu pai não me deixava, dizia que primeiro estavam os estudos. Ele nunca gostou disso, pegava-me na rua e deixava-me de castigo em casa, onde eu ficava a chorar», recordou Nelsinho.

E os tempos antigos revelam também a sua forte ligação com Keirrison, avançado brasileiro que representou o Benfica em 2009/2010, com quem é unha com carne: «Fiz a formação no Coritiba e tive a oportunidade de jogar com o Keirrison. Espelho-me muito nele, é o meu amigo, o meu irmão e sempre me ensinou muitas coisas». (A Bola)

Nenhum comentário:

Postar um comentário