Sobreviventes do naufrágio em Mar Grande são ouvidos pela polícia

Tragédia na Baía de Todos-os-Santos deixou ao menos 18 mortos - Foto: Xando Pereira l Ag. A TARDE
A Polícia Civil ouviu nesta sexta-feira, 25, 20 sobreviventes, entre passageiros e tripulantes, da tragédia ocorrida na manhã de quinta-feira, 24, na Baía de Todos-os-Santos, que deixou ao menos 18 mortos. Representantes da CL Transporte Marítimo, empresa prestadora de serviço da lancha, já foram intimados e vão prestar esclarecimentos na próxima semana.
“Por enquanto, os depoimentos estão bastante semelhantes, apresentando poucas divergências entre as versões”, afirmou o titular da 24ª Delegacia Territorial de Vera Cruz, delegado Ricardo Amorim, por meio de nota da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA).
Ricardo Amorim explicou ainda que as apurações iniciais revelaram que a embarcação não estava superlotada. O delegado também expediu guias de lesão corporal aos passageiros e tripulantes.
Os sobreviventes também devem comparecer à unidade policial para buscar os pertences apreendidos pela Polícia Militar (PM-BA), Corpo de Bombeiros (CBM-BA) e Capitania dos Portos durante os resgates. 
As investigações contam ainda com o apoio logístico da 19ª DT (Itaparica) e do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom) e vão seguir pelo final de semana.
Buscas por desaparecidos
Equipes da PM e bombeiros realizaram o segundo dias de buscas por desaparecidos na manhã desta sexta, mas ninguém foi encontrado. As ações foram concentradas na Baía de Todos-os-Santos, onde aconteceu o acidente, estendendo-se até a Costa do Dendê, em localidades pertencentes ao município de Valença.
O comandante do 2º Distrito Naval, Flávio Almeida, informou nesta sexta que o número de desaparecido ainda é impreciso. De acordo com o ele, a Marinha tem estudado a possibilidade de algumas pessoas terem conseguindo nadar até a areia, já que a corporação, até o momento, não recebeu reclame de familiares dos supostos 13 desaparecidos, número cogitado no começo das buscas.
A lancha transportava 120 pessoas, incluindo os quatro tripulantes. Desse número, até o momento só foram confirmados pelo órgão, 89 pessoas resgatadas com vida e 18 mortos. (A Tarde)

Nenhum comentário:

Postar um comentário